Clique nas imagens para ver em tamanho real.
MD 1000 rebocada a Trator

VÍDEO DE FUNCIONAMENTO:

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Acionamento

A energia de propulsão da MD 1000 é fornecida pelo reboque a qualquer trator que possua potência acima de 60 C.V. e que tenha tomada de força (TDF).

Transmissão

A tomada de força do trator movimenta as bombas dosadoras de água e emulsão, correia transportadora de agregados e Filler, e o misturador (Pug Mill), através do conjunto de transmissão.

O conjunto da transmissão compõe-se de cardans, caixas de velocidade, engrenagens de aço, correntes, polias, correias em “V” e semi-eixo.

Todos mecanismos de transmissão possuem dispositivos esticadores de correntes e correias.

Rodas

Cubos de Roda do F600 com rolamentos de Rolos Cônicos e montados com quatro rodas.

Os pneus indicados são 9.00 x 20 x 12 lonas.

Chassi

Fabricado em perfis tipo “U” de aço que depois de soldados formam uma estrutura de grande resistência que são o quadro e a lança.

Na lança se aloja o engate pelo qual o trator reboca a máquina.

Correia Transportadora

Trabalha em cima de roletes e tubos com rolamentos, que proporcionam ótimo funcionamento na alimentação dos agregados e material de enchimento (Filler) para o misturador.

A correia transportadora conduz os agregados e Filler separadamente, facilitando a visão do operador na dosagem dos produtos. O silo de Filler é opcional.

Possui também um dispositivo que permite ativá-la ou desativá-la mecanicamente através de uma alavanca comandada pelo operador.

Misturador (PUG MILL)

Composto por paletas intercambiáveis em sentido helicoidais montado em unico eixo sobre um tubo que faz da lama asfáltica uma  mistura homogênea formada pelos agregados, material de enchimento (Filler), emulsão asfáltica e água.

Proporciona alta capacidade de trabalho e a lama produzida é descarregada através de duas calhas à caixa distribuidora, oferecendo assim uma operação contínua, sem que haja segregação.

Possue também uma tampa móvel que permite ao operador dosar o material de maneira conveniente à caixa distribuidora.

Equipado com fundo do cocho removível para troca.

Caixa Distribuidora

Composta por dois compartimentos sendo regulável com abertura de 2,20 m até 4,0 m na faixa de trabalho.

Possue engate  e desengate com chassi da máquina através de dois barramentos simplificados que permitem realizar esta operação instantaneamente.

O levante da caixa para efeito de transporte é realizado através de cabos de aços e roldanas.

Contém ainda sapatas dotadas de regulagens que permitem controlar a espessura da lama.

Dois homens trabalham em plataformas removíveis, sendo um de cada lado da caixa, que munidos de rodos de borracha possuem a função de uniformizar a distribuição da lama asfáltica dentro da caixa.

Caneta Espargidora

Permite realizar pinturas de ligação localizadas e corrigir defeitos na superfície. Composto de bico de aço e mangueira com 6,5m de comprimento.

É versátil, pois pode operar também com a água e tem como objetivo principal umedecer a superfície a ser recuperada, bem como pode efetuar uma lavagem nos componentes da máquina.

Barra de Irrigação (Opcional)

Consiste de um tubo com 4m de comprimento provido de furos e está localizado na posição dianteira do chassi e tem o objetivo de umedecer a superfície antes da distribuição da lama asfáltica. A abertura ou o fechamento da vazão de água é realizada pelo operador através da alavanca.

Lubrificação

Todos mancais e elementos de transmissão possuem bicos de graxeira que proporcionam ótima lubrificação.

Comandos

Contém 6 alavancas com as seguintes funções:

1-     Controlar a dosagem dos agregados.
2-     Ativar ou desativar a correia transportadora
3-     Controlar a descarga da lama asfáltica do misturador (Pug Mill).
4-     Controlar a distribuição da lama nas duas calhas de descarga para a acaixa distribuidora.
5-     Abrir ou fechar o registro que serve o circuito de água no misturador.
6-     Abrir ou fechar o registro que serve o circuito da emulsão no misturador.

A comunicação entre o tratorista e o operador é realizada através de sinais sonoros emitidos por uma buzina acoplada na máquina e ligada ao sistema elétrico do trator.

Circuito da Água

Composto por tubulações de aço galvanizado de 1.1/2” e 1” com registros de esferas e de gaveta, bomba centrífuga, dispositivo de recirculação, limpeza e auto-abastecimento. Através deste circuito pode-se efetuar a limpeza do circuito da emulsão.

Contém um registro graduado que controla a vazão da água para o misturador (Pug Mill).

Circuito da Emulsão

Composto de tubulações em aço galvanizado de 1.1/2” e 1” com registros de gaveta e de esfera, bomba de engrenagens, dispositivo de recirculação, limpeza e auto-abastecimento. O circuito possue uma válvula de alívio e um manômetro que permite controlar a pressão do sistema, refletindo em segurança ao equipamento.

Contém ainda um registro graduado para controlar a vazão da emulsão para o misturador (Pug Mill).

Capacidade de Abastecimento

Silo de Agregados………………………. 3,0 m³
Tanque de Água…………………………. 2,0 m³
Tanque de Emulsão…………………….. 2,0 m³

Dimensões – Rendimento – Rotação

Largura…………………………………. 2,40 m
Altura……………………………………. 2,70 m
Comprimento…………………………. 5,80 m
Largura da faixa de trabalho…….. até 4,0 m

Produção aproximada:

Lama Grossa 650m²/h com espessura de 10mm
Lama Grossa 1000m²/h com espessura de 7mm
Lama Fina 1300m²/h com espessura de 4mm

Rotação na TDF de trator …………………200 rpm

Peso

Peso Vazio……………………….  2.800 kg
Peso Abastecida……………….. 10.800 kg

-